visitas

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Aos moços


Quem te espera no futuro
moço de sonhos vãos
o tempo te leva rápido
te deixando recordação.

Do que fizeste a toa
do tempo que tu perdeste
das dores que te magoa
do que não conheceste.

Se de repente no peito
um vírus te contraiu
e te deixando sem jeito
tua alma já se feriu.

É a paixão que embora
seja linda e doce
é como se a forca fosse
que aos poucos te devora.

Quem te espera no futuro
as vezes fica na esperança
as ilusões do mundo impuro
saudade de quando eras criança.

PEDRO ARUVAI

5 comentários:

ANTOLOGIA POÉTICA disse...

"Liberdade é uma palavra que o sonho humano alimenta, não há ninguém que a explique e ninguém que não a entenda."

(Cecília Meireles)


Saudaçoes Poéticas......Beijos!

PRECIOSA disse...

Lindo poema, tocou-me com muita emoção..Parabéns
Abraços carinhoso
Preciosa Maria

J.P.S. disse...

sabado, 14 de agosto de 2010.
bom final de semana para todos!ja

Loivarice disse...

Muito lindo seu blog,adorei os poemas.. bj de luz

Pedro Aruvai disse...

Obrigado a todos os comentários!