visitas

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Amor

 desenho de Pedro Aruvai


Agua da fonte vem da terra
letras perdidas nascem
da mente sem dizer
de onde vem!

Como teus olhos que olham
o vazio em busca de outro olhar
que distante talvez ao lado
sorrindo para o mesmo vazio.

Eu sou pescador de sentido
sentindo o sentido pescado
deixo o sentido fisgado
se debatendo indefeso!

Saber que tu és minha presa
sem defesa para fugir
bebes na minha fonte
a única palavra conhecida:
amor.

PEDRO ARUVAI

5 comentários:

Neneca Barbosa - Um ser humano em evolução! disse...

Parabéns pelos poemas! Obrigada por ter se tornado um seguidor do meu Blog. Um abraço!
Neneca Barbosa

"Cantinho Poético" disse...

"Quando precisares de mim...
ouça uma música suave
de olhos fechados.
grite meu nome ao vento
ele me trará o recado."

Maria Eduarda


Amor & Paz na sua semana!!

Juci Barros disse...

Bons poemas.Gostei.Sigo-te.

Dina disse...

q coisa mais linda!!!! amei sua visita...virei te ver sempre!!
beijos...
Dina Isserlin

Pedro Aruvai disse...

obrigada pela visita e pelos comentarios de todas.

beiosss