visitas

terça-feira, 7 de julho de 2009

FINGIMENTO


Finjo ser eu
quando eu mesmo sou
diferente do que queria ser.
Ser, quem eu procuro ser
e não sou
por ser eu mesmo
fingindo ser o que não sou.

[PEDRO ARUVAI]

4 comentários:

Paula disse...

Bastante forte, bastante paradoxal.
Gostei ;)

Úrsula Avner disse...

Olá meu caro poeta, ser ou não ser eis a questão ? Indagação que o ser humano faz a si mesmo desde a antiguidade... Os filósofos que o digam. Obrigada por sua presença em meus bloggers e interesse em acompanhá-los. Um abraço.

Menino-Homem disse...

ser é não precisar de ser
pra ser"

abraços,
e gostei do espaço.

Anice disse...

Belíssimo!
Eu sou, tu és
Ele é...mas quem não é? rsss