visitas

terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

ESSA DOR QUE É DE AMOR

Essa dor que é de amor
vez ou outra a me atacar
e me deixa assim sem cor
parece que vai me matar

ando torto não sei quem sou
só tenho lagrimas para chorar
tão terrivel é essa dor
penso que não vou suportar

já meu peito tanto suportou
sabe bem como lidar
mas um dia essa dor
pode realmente me matar

não adianta contemplar a flor
nem se distrair, sorrir, cantar
porque nada me tem valor
se o amor não vem me amar

portanto essa minha dor
só o amor pode curar
e voce que é meu amor
pode me curar ou me matar.

[pedro aruvai]

Um comentário:

mar disse...

lindo poema. adorei. excelente!